Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um ar de sua Graça

Os meus presépios

Já por aqui deixei escrito que foi a minha filha que me estimulou a realizar trabalhos em feltro.


Estava numa fase da vida em que necessitava de ocupar as mãos para libertar a mente e lavar a alma. Em momentos de grande stress ou cansaço, nada melhor do que ter as mãos ocupadas. Não conheço melhor terapia. À falta de melhor, nem que seja a arrumar roupeiros. Mas aprecio algo mais criativo.


O Natal avizinhava-se e a minha filha sabendo da minha paixão por presépios mostrou-me alguns que encontrou na internet. Achei-lhes graça. Não mexia em agulhas e linhas há uma eternidade. Mas se naquele momento procurava algo que me ajudasse a ultrapassar as tempestades da vida, que importância tinha a imperfeição da peça executada?

 

Absolutamente nenhuma! E comecei por este presépio.

 

IMG_5607.jpg

 

Não precisei de moldes. Olhei para a imagem no computador e desenhei-o. Os pontos saíram incertos, um mais abaixo outro mais acima. A distância entre eles também variava. Mas fiquei feliz. Era a minha primeira obra. E percebi que fazer estes trabalhos era pura terapia. Sentia-me mais relaxada e entusiasmada. Cheia de ideias. Era por ali o caminho. E todos cá em casa, satisfeitos com o meu entusiasmo, até me faziam acreditar que de verdadeiras obras de arte se tratavam.   


Seguiram-se outros presépios. Os pontos foram ficando mais certinhos e fui criando os meus próprios modelos.

 

IMG_0612.jpg

 

Os mais bonitinhos e perfeitinhos foram oferecidos a familiares e amigos. E desses não tenho fotos. É que a ideia do blog ainda não nos tinha ocorrido… Ponto… Pára tudo…


Já sei o vai por aí…


Vislumbro um sorrisinho ao canto dos vossos lábios; adivinho o que vos vai no pensamento:


“ Olha para esta, sabe-a toda! Que grande espertinha! Como não tem fotos diz que os presépios até ficaram perfeitinhos!!!”


Depois experimentei outras técnicas. Mas tenho um defeito. Faço apenas para experimentar. Usei pasta de modelar – fiz apenas um presépio; pintei numa pedra da praia – fiz apenas um; Usei pauzinhos – fiz apenas um; Fiz em crochet – fiz apenas dois…  E assim não aperfeiçoo nenhuma das técnicas!

 

IMG_0609.jpg

IMG_5600.jpg

IMG_5602.jpg

IMG_5603.jpg

IMG_5604.jpg

IMG_5605.jpg

 

Presentemente gostaria de treinar os presépios em crochet. Vejo-os lindos mas não são tão fáceis de fazer como parecem.


O último presépio aqui apresentado foi terminado há poucos dias e feito muito, muito à pressa. E, muito encarecidamente, peço-vos o de  favor de não reparem na ovelha ou, para ser mais exacta,  na pseudo-ovelha. É que a pobrezita saiu-me com focinho de rato, orelhas de porco e patas de escadote… Foi o melhor que se pode arranjar. Muito agradecida…

 

IMG_5613.jpg

 

 

E já agora, para todos vós, um feliz Natal com muita Saúde Paz e Harmonia.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Graça 28.12.2017 16:29

    Ah! Ah! Ah! Este comentário teve mesmo graça.
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.